Artigos Recentes

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Festa "Eita Giovana" acontecerá dia 03 de Outubro em João Pessoa

quinta-feira, 18 de setembro de 2014 - 0 Comments

Eita Giovana - Derrubando todos os forninhos
Todo mundo já viu ou ouviu falar do vídeo da menina que derruba o forno microondas da casa dela, o "Eita Giovana" virou meme na web e hoje em dia é sucesso. A festa que irá acontecer dia 03 de Outubro em João Pessoa tem o mesmo nome do meme e promete derrubar todos os forninhos e fazer todos dançarem. 

As atrações da festa são sucesso na capital paraibana, os Djs Raffa Dub e Debx são bastante famosos por terem sido por muito tempo Djs oficiais da Boate Vogue JP e nessa festa eles estarão de volta a João Pessoa. Além deles a festa terá a DJ Drag Queen Toinha do Cuscuz, destaque nacional na Revista Junior como webcelebridade e fenômeno da música eletrônica, o Dj Edu Trônic fez bastante sucesso no trio elétrico da Parada LGBT de João Pessoa e na última edição da festa Seven e a cada dia ganha mais fãs na cidade. Outra atração será a Top Drag Paraíba 2014 Lohanny Lorenzzi, ela tem uma legião de fãs e arrasou na Parada LGBT de João Pessoa.

A festa "Eita Giovana" acontecerá no Tambaú Beer, antigo KS Bar, ao lado do Café Empório, no bairro de Tambaú, Rua Coração de Jesus, nº 147, por trás da feirinha de Tambaú. As entradas irão custar R$15 antecipado e 25 R$ na hora (valor único com preço de estudante). Os ingressos estão a venda na Sauna Thermas Parahyba no Centro de João Pessoa e na loja Vida Real do Mag Shopping.

Confirmem presença no evento: https://www.facebook.com/events/702499959836730/

Festa "Eita Giovana"
Dia 03 de Outubro de 2014, a partir das 23h
No Tambaú Beer, ao lado do café empório
Ingressos: R$15 antecipado e 25 R$ na hora (valor único com preço de estudante). 
Local de vendas: Sauna Thermas Parahyba no Centro de João Pessoa
                              Loja Vida Real do Mag Shopping.

Cartaz festa Eita Giovana


 
Facebook A Liga Gay


Compartilhe:


I Semana da Visibilidade Bissexual acontecerá em João Pessoa

Biálogo

O Movimento de Bissexuais (MOVBI) com sede em João Pessoa, capital da Paraíba, irá realizar a I Semana da Visibilidade Bissexual, que além de várias atividades realizadas para dar mais visibilidade a população de bissexuais do estado, ainda irá promover um "Biálogo", diálogo sobre a vivência bissexual e a Bifobia.

O evento que começa no dia 19 de setembro e se estende até o final da tarde do dia 20 trará o debate sobre os relacionamentos e a vivência bissexual, a bissexualidade no âmbito acadêmico, a inserção do "B" no movimento e um dos mais polêmicos a Bifobia. O evento acontecerá na sede da API (Associação Paraibana de Imprensa) situada na Av. Visconde de Pelotas, no Centro de João Pessoa, ao lado da Laser Eletro.

A realização da I Semana da Visibilidade Bissexual é do MOVBI em parceria com a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) através da Coordenadoria Municipal de Promoção à Cidadania LGBT e Igualdade Racial, além de diversas outras secretarias. 

Biálogo

No fim da semana da visibilidade bissexual acontecerá o segundo Biálogo, evento criado para debater e explicar o que é a bissexualidade, os preconceitos e discriminações que eles sofrem, a vivência de casais bissexuais monogâmicos e poliamor, além de discutir sobre políticas públicas e direitos para a população bissexual.

Bissexualidade

Homens e mulheres que se relacionam com pessoas de ambos os sexos são caracterizadas como pessoas bissexuais. O bissexual há algum tempo vem sendo esquecido dentro do segmento, tendo por vezes que levantar bandeiras de sexualidades que não representa quem eles são. Eventos como esse acontecem para mostrar que os bissexuais estão na luta pelo fim da homolesbobitransfobia em todo o país e que não devem ser esquecidos.

Bifobia 

Um termo que não é novo, já fazem alguns anos que vem sendo falado, mas só é considerado em outros países. A bifobia é o termo dado à rejeição e violência dirigida à bissexualidade e a bissexuais, parte de um princípio que se refere a uma pessoa ter que escolher entre ser homossexual ou heterossexual. 

Facebook A Liga Gay


Compartilhe:


segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Escritora de "Orange is the New Black" está namorando atriz da série

segunda-feira, 15 de setembro de 2014 - 0 Comments

Samira Wileye Lauen Morelli


A série "Orange is The New Black" já tem uma legião de fãs e é uma das séries com temática LGBT, mais adorada da televisão americana. Todos estão atrás de novidades sobre a série que é baseada em uma história real, mas a grande notícia da semana foi que a escritora Lauren Morelli está namorando com uma atriz do elenco da série.

As informações são do site US Weekly, que conta sobre o romance da escritora Lauren Morelli com a atriz Samira Wiley, intérprete da detenta Poussey, que também é lésbica na série. A revelação vem pouco depois de Lauren assinar o divórcio do marido, com quem foi casada por dez anos.

A escritora divulgou recentemente um texto falando sobre sua sexualidade e a importância do seriado para se assumir como homossexual. Ela escrevia sobre o romance das protagonistas Piper Chapman (Taylor Schilling) e Alex Vause (Laura Prepon).

"Eu constantemente me sentia uma fraude. Estava sangrando em minha escrita. Como poderia ser diferente? Eu estava casada com um homem, mas não era heterossexual", disse ela, que se separou amigavelmente do marido, e passou a ser vista de mãos dadas com Samira e dançando com a atriz em festas.

"Descobri que era gay no outono de 2012, logo nos meus primeiros dias no set. Não era uma grande coisa, mas a junção de pequenos detalhes: me sentia desconfortável em um grupo de lésbicas e não me considerava uma pessoa muito sexual. Preferir ler um livro ao invés de fazer sexo era uma preferência bastante razoável, não?! Me revelei para a minha família, amigos e praticamente todo mundo do set de Orange - e agora para vocês leitores. Hoje, quando estou na sala dos autores ou nas gravações, não me sinto mais presa no meio de duas verdades. Pertenço ao local, porque minha própria narrativa se encontra nas histórias fictícias que contamos na série: histórias de pessoas que estão se conhecendo, de caminhos difíceis e redenção." disse Morelli.


Facebook A Liga Gay


Compartilhe:

domingo, 14 de setembro de 2014

Assista ao documentário "Poliamor"

domingo, 14 de setembro de 2014 - 0 Comments

Poliamor

Em uma sociedade onde predominam valores afetivos monogâmicos, algumas pessoas escolhem um arranjo de relacionamentos que está se tornando conhecido como poliamor.

Mais informações »

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

O Armário Gêmeo, a nova web série gay brasileira

sexta-feira, 12 de setembro de 2014 - 0 Comments

O Armário Gêmeo


Está prevista para estrear na internet  no dia 1 de outubro a série “O Armário Gêmeo”, falando sobre HIV/AIDS, o novo projeto tem cenas gravadas no Rio de Janeiro, Brasília e ainda pretende ter locações no Sul do País. A história parte do encontro de dois irmãos gêmeos que não se conhecem, com orientações sexuais distintas e após uma série de fatos, o hétero tem que substituir o irmão gay, assumindo sua identidade.

A série conta com roteiro e direção de Daniel Sena, mesmo diretor da série "Positivos" que já alcançou mais de 3 milhões de acessos e repercussão nas redes sociais. A trama também trará uma história de poliamor, a discriminação com pessoas obesas e a dificuldade de encontrar um parceiro por causa da ditadura da beleza.

O projeto tem como cenário uma agência que produz filmes eróticos e mostrará como funciona o sistema da indústria pornográfica no Brasil. A homofobia familiar, partindo da pressão dos pais que não aceitam os filhos gays e relacionamentos virtuais também são temas de “O Armário Gêmeo”.

Ao todo são 28 atores na série que é produzida de forma independente. Na história, Caio e Caique (Thor Medrado) são irmãos gêmeos que foram criados separadamente após a separação dos pais. Enquanto Caio é gay e vive no Rio de Janeiro, Caique é hétero e está passando uma estadia em Salvador. Após uma sucessão de fatos, o irmão hétero se vê obrigado a assumir a identidade do irmão gay e passa a viver a vida que era dele. Para complicar ainda mais a situação de Caique, Mateus (Felipe Salarolli) é um cara completamente apaixonado por Caio e surge na vida do rapaz, justamente na época da troca. A armação gera uma série de conflitos, principalmente quando Caique percebe a possibilidade de sentir algo a mais pelo namorado do irmão.

Nas tramas paralelas, o público feminino será representado pela história de Érica (Ana Karina Zimmer) e Renata (Jéssica Fachinello). As duas são namoradas e Renata insiste em ter um filho, desejo reprimido por Érica, que antes de assumir a relação, foi casada com Plínio (Luis Lobo) durante quatro anos e sofria agressões e constantes traições do marido. A garota passa a se questionar sobre sua sexualidade e se realmente é lésbica ou só se aproximou de Renata por carência, principalmente quando o ex volta tentando reconquistá-la

Podemos identificar que é uma série/novela com diversos núcleos e várias temáticas, abaixo confiram um vídeo de apresentação da série:


Facebook A Liga Gay


Compartilhe:


quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Somos Todos João Antônio Donati, vamos combater a homofobia!

quinta-feira, 11 de setembro de 2014 - 0 Comments

Homofobia é crime

Estamos vivenciando um momento histórico no Brasil, pela primeira vez é discutido sobre a criminalização da homofobia e o casamento civil igualitário em debates políticos. Porém, também vivemos em uma das fases mais perigosas para ser homossexual no país, cada vez mais as pessoas se sentem a vontade para se expressar e "sair do armário" e a cada dia aumenta a quantidade de crimes contra pessoas homossexuais em nosso país.

Hoje em dia alguns políticos cristãos acham bonito dizer que são fundamentalistas e que seguem o que diz a bíblia, mas o amor ao próximo que é um dos primeiros ensinamentos não conseguem seguir. A morte de vários homossexuais no Brasil estão ligadas diretamente com o avanço das bancadas religiosas fundamentalistas e o boom da massa cristã eleitora que acredita que pastores devem ocupar cargos políticos, mesmo sendo duas áreas tão distintas.

Entre projetos de "Cura Gay" e expulsão de homossexuais de templos religiosos que avançam nas assembleia, vemos projetos como o da criminalização da homofobia e do casamento igualitário sendo enterrados ou engavetados. Isso é uma manobra política fundamentalista que não se importa com a quantidade de homossexuais mortos, e que querem que esses deixem mesmo de existir, pois não representam o certo, segundo diz o livro da sua religião.

Um país laico com partidos e políticos abertamente cristãos que discutem e manipulam projetos segundo o que está na bíblia, isso é um ultraje. Há uma candidata a presidente que vem apoiada por diversos fundamentalistas como Marco Feliciano e Silas Malafaia, e não quer que falem que é fundamentalista por causa de sua religião, está bem, vamos chama-la de equivocada politicamente, já que não apoia projetos para o bem da sociedade e apoia a morte de tantos homossexuais no Brasil.

A atual presidente de nosso país já dialoga sobre a criminalização da homofobia, mas nada o fez em papel e nos últimos quatro anos não se viu uma manobra política para tornar crime a homolesbotransfobia em seu governo. Várias políticas públicas para LGBT foram alcançadas nos últimos anos desse governo, e isso é inegável. Mas a homofobia deveria ser pauta principal, a discriminação e o assassinato de homossexuais e transexuais é algo que vivenciamos desde 1980 ou até mesmo antes disso.

Essa semana o Brasil ficou chocado com a morte do jovem João Antônio Donati assassinado brutalmente e jogado em um terreno Baldio. Ele teve as pernas e o pescoço quebrado e em sua boca havia um bilhete onde estava escrito "Vamos acabar com essa praga", um claro aviso homofóbico que deixou com medo milhões de homossexuais, pois o caso está repercutindo internacionalmente.

Já está na hora das pessoas LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) darem um basta nesse avanço homofóbico. Presidentes de entidades nacionais que trabalham com a população LGBT e combatem a homofobia, mostrem a sua força, discutam com punho firme com os presidenciáveis, façam com que todos eles coloquem em pauta a criminalização da homofobia.

E para os milhares de homossexuais que possam ver esse artigo, saibam que somos todos João Antônio Donati e estamos a mercê de homofóbicos que querem a morte e a humilhação dos homossexuais. Por isso esse ano, vote em candidatos que apoiam a luta contra a homofobia, que mostrem que tem projetos para a causa LGBT, não pensem apenas em vocês, pensem em todos os homossexuais que morreram, que morrem e que morrerão nesse país cheio de homofobia e discriminação. Chega de homofobia, vamos vingar João Antônio Donati nas urnas e nos movimentos de rua!
Facebook A Liga Gay


Compartilhe:


terça-feira, 9 de setembro de 2014

Queen of Drums - O novo Setmix da DJ Toinha do Cuscuz

terça-feira, 9 de setembro de 2014 - 0 Comments

Queen od frums toinha do cuscuz dj

A DJ Toinha do Cuscuz acaba de lançar o seu novo setmix intitulado "Queen of Drums", o nome é em homenagem as batidas pesadas de quando ela está se apresentando. Toinha é um fenômeno da música eletrônica e vem se destacando dia após dia nas redes sociais e até em revistas nacionais. Já é até chamada de Bruno Pacheco de saias da música eletrônica.

O novo setmix da Dj conta com as músicas:

1- Lorena Simpson - Breathe Again (Bryan Vazquez Intro Tribal Mix 2k14) 
2- Jorge Jaramillo, Sheldon Romero - House Music Pneumonia ( CYBER AGRESSIVE DRUMMS TO FERNANDO MALLI 2K14 REMIX ) 
3- Se Sa vs. Fernando Malli - Like This Like Work It (Leleto Connor PVT Vocal Mix) 
4- Ariana Grande - Problem (John W Reconstruction Mix) 
5- Makrobeat Ft Juantrack N Alex Hoing - Black Origins (Original Mix) 
6- HORNY (Marco da Silva 2k14 Mix ) 
7- Regina & Rafael Lelis - Wanna Be Free (Altar Remix) 
8- Sweet Beatz, Nervo & R3hab & Ummet Ozcan - Pecan Revolution (Dj cyber add Agressive Drum) 
9- NICK MINAJ - ANACONDA (EDU RODRIGUES DANCIN BASS MASH) 
10- Lolleatah Holloway - I Say it Bitch 2k14 (Toinha Addict Drum to Kªlçada's) 
11- Jason Derulo ft. Snoop Dogg - Wiggle (Fagner Backer Swang BooBlack 2014!) 
12- B.e.y.o.n.c.e - Drunk In Love (John W Percussion Mix) 13- Clockwork - Champion ( Davi Villa Rework )

Clique em Play e curtam a vibe da DJ mais polêmica do momento:

Facebook A Liga Gay


Compartilhe:


Assista ao filme "A garota do Soldado"

A garota do soldado


Hoje iremos exibir um filme baseado em uma história real, dirigido por Frank Pierson. A Garota do soldado é um filme sedutor e comovente com um final dramático,

Mais informações »

domingo, 7 de setembro de 2014

Parada LGBT de João Pessoa sofre Boicote Midiático, mas foi um sucesso!

domingo, 7 de setembro de 2014 - 0 Comments

Parada LGBT João Pessoa

A 13ª Parada LGBT de João Pessoa que esse ano mudou o seu percurso e aconteceu na Av. Ruy Carneiro, sofreu um boicote midiático a TV Cabo Branco afiliada da Rede Globo na Paraíba mostrou em seus jornais que a concentração seria no Sesc Cabo Branco, quando na verdade já tinha sido dialogado com o Movimento LGBT e estavam cientes de que o percurso foi alterado. Vale lembrar também que essa postura homofóbica da TV não é de hoje, quando foram colocar o comercial do Movimento do Espírito Lilás, no qual havia um beijo gay, apesar de terem sidos pagos para divulgarem o comercial completo,  eles pediram um vídeo sem o beijo, mostrando uma clara postura homofóbica.

Além da TV Cabo Branco, o Portal Correio fez uma matéria com o título "Parada gay de João Pessoa não empolga e pequeno público comparece ao evento na concentração", colocando fotos de pessoas na primeira hora da concentração mostrando apenas os 2 trios e que ainda não estavam ornamentados. A realidade é que a Parada LGBT levou de 20 a 30 mil pessoas a Av. Ruy Carneiro e teve 5 trios, fato esse legitimado fotos. O que vemos é uma forte manobra contra o movimento LGBT, para alegar que o movimento é desorganizado e não está unido, o que é uma inverdade, para quem foi para o evento e viu quantas pessoas estiveram presentes.

Gaby Amarantos em João Pessoa

No Largo da Gameleira os shows empolgaram muito a galera, que se divertiu bastante com os shows das Drags, com a cantora paraibana Mira Maya e com a atração nacional Gaby Amarantos, o movimento LGBT está de parabéns, assim como a Prefeitura Municipal de João Pessoa por apoiar esse belíssimo evento. Somos muitos nas ruas e milhões nas urnas, vamos a luta por um Brasil melhor, por um país sem homolesbotransbifobia.


Facebook A Liga Gay


Compartilhe:

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Saiba tudo sobre o After da Parada LGBT de João Pessoa

quinta-feira, 4 de setembro de 2014 - 0 Comments

After Parada LGBT de João Pessoa 2014
Pela primeira vez a Parada LGBT ganha uma festa After, e após o encerramento da Parada com o show de Gaby Amarantos no Largo da Gameleira, todos e todas irão se encontrar no Tambaú Beer, situado na Rua Coração de Jesus, em Tambaú ao lado do Café Empório.

Nomeado After Parade - Don't Stop The Pride, o evento terá grandes atrações do cenário pessoense como a DJ Toinha (Conhecida por tocar em diversas festas da cidade e ser destaque na revista Junior como fenômeno eletrônico da Paraíba), DJ John Kennedy (Um dos DJs de mais destaque e respeito da música eletrônica gay de João Pessoa e organizador da SEVEN), DJ Raphael Fraga (Primeiro DJ paraibano a ter destaque nacional, tendo parte do seu setmix tocado no Big Brother Brasil), DJ Edu Trônic (A revelação do ano no cenário eletrônico, tocou em várias festas e tem agradado bastante o público). O show da noite fica por conta da Drag Queen Kethelin Diavantz, terceiro lugar no Top Drag Paraíba 2014 e aclamado pelo público pessoense como destaque desse ano no concurso.

Confirmem presença no evento: https://www.facebook.com/events/544737182294225/

A entrada do evento custa  R$ 20,00 (Preço Único), o evento é beneficente, e parte do lucro será disponibilizado para o MOVBI - Movimento de Bissexuais, fundado no início desse ano em João Pessoa. A entrada no local será liberada a partir da meia noite, logo após o show de Gaby Amarantos.

Abaixo confiram um dos setmix de Edu Tronic:



Facebook A Liga Gay


Compartilhe:


Parada LGBT de João Pessoa tem percurso alterado

Parada LGBT de João Pessoa


A 13ª Parada LGBT de João Pessoa que irá acontecer no próximo sábado, dia 06 de setembro, teve o seu percurso alterado, esse ano o evento será realizado na Av. Ruy Carneiro com concentração ao lado da Capita Fiat e segue em direção ao Largo da Gameleira, onde o palco principal estará montado para o show de encerramento.

Esse ano o tema da Parada LGBT de João Pessoa é "Somos Muitos nas Ruas e Milhões nas Urnas", visando mostrar que a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais tem um grande volume de público, e que eles tem poder para eleger os seus representantes políticos. O evento é realizado pelos movimento LGBT de João Pessoa (*MEL, GMMQ, ASTRAPA e MovBi) com apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa e parceria com diversos outros movimentos da capital.

Como atração regional no palco principal estará a cantora paraibana Mira Maya, também haverá apresentação de 3 Drag Queens conhecidas pelo público LGBT de João Pessoa, Lohanny Lorenzzi (Top Drag Paraíba 2014), Alexia Prada (2º lugar no Top Drag Paraíba 2014) e Thalita Campbell (To Drag Paraíba Internet 2014). O show finalizará com a atração nacional Gaby Amarantos.

A caminhada da Parada LGBT terá vários DJs animando os trios são eles: DJ Edu Tronic, DJ Jully Mermaid, DJ Raphael Fraga, DJ Ronaldo e DJ Cris L conhecida por tocar em diversas festas na capital, incluindo a festa das Neves e o Reveillón.

A Parada esse ano tem alguns movimentos que irão apoiar durante o trajeto, são eles: Grupos Mães pela Igualdade, Igreja Cristã Metropolitana, Igreja Comunidade Metropolitana Independente (ICMI), Comissão de Diversidade Sexual da OAB-PB e a festa Mustache também estará apoiando o evento.

*MEL  - Movimento do Espírito Lilás; GMMQ - Grupo de Mulheres Lésbicas e Bissexuais Maria Quitéria; ASTRAPA -Associação de Travestis e Transexuais da Paraíba; MOVBI - Movimento de Bissexuais 

Facebook A Liga Gay


Compartilhe:

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Confira a Programação completa da Parada LGBT de João Pessoa

terça-feira, 26 de agosto de 2014 - 0 Comments

13ª Parada LGBT de João Pessoa
A 13ª Parada do Orgulho LGBT de João Pessoa com o tema "Somos muitos nas ruas e milhões nas urnas" acontecerá no dia 06 de setembro e como nós já havíamos anunciado em primeira mão,  a cantora Gaby Amarantos será a atração principal que abrilhantará ainda mais o evento. As pessoas ficaram curiosas sobre quem estará também na parada além de Gaby, então nós iremos divulgar quem serão as demais atrações da festa da diversidade que busca lutar por mais visibilidade e por menos preconceito, mostrando que já não se é minoria, somos milhões e devemos ser respeitados.
Mira Maya
Como atração regional no palco principal terá a cantora paraibana Mira Maya, conhecida em João Pessoa por tocar em várias festividades pela cidade e por ser atração da Boate Vogue JP, que hoje se encontra fechada. No palco também haverá apresentação de 3 Drag Queens conhecidas pelo público LGBT de João Pessoa, Lohanny Lorenzzi (Top Drag Paraíba 2014), Alexia Prada (2º lugar no Top Drag Paraíba 2014) e Thalita Campbell (To Drag Paraíba Internet 2014).
A Lineup da caminhada da Parada LGBT terá grandes nomes do cenário eletrônico de João Pessoa como DJ Edu Tronic, conhecido por tocar em várias festas da cidade e boates, recentemente foi confirmado na nova edição da Seven; DJ Jully Mermaid ela já tocou em várias boates e em várias Paradas LGBT de João Pessoa, um ícone que não poderia ficar de fora desse grandioso evento; DJ Raphael Fraga um dos mais conhecidos do cenário paraibano, tocou em festas e boates de João Pessoa e surpreende com o seu ritmo caliente, foi o primeiro DJ Paraibano a ter o seu setmix divulgado nacionalmente e tocado em um reality show, Rapha também foi confirmado para a nova edição da Seven; DJ Ronaldo com seu look Robin, o DJ já ficou conhecido e toca em diversas festas da Paraíba, é DJ Residente de uma Web Rádio e já treinou alguns dos principais DJs da cidade e DJ Cris L conhecida por tocar em diversas festas na capital, incluindo a festa das Neves e o Reveillón.
Lohanny Lorenzzi - Top Drag Paraíba 2014
A Parada esse ano tem alguns movimentos que irão apoiar com alguns minitrios durante o trajeto, são eles: Grupos Mães pela Igualdade, Igreja Cristã Metropolitana, Igreja Comunidade Metropolitana Independente (ICMI), Comissão de Diversidade Sexual da OAB-PB e a festa Mustache também estará apoiando o evento. Possivelmente também haverão outros minitrios que ainda estão sendo confirmados como o das religiões de origem afro e o do Relicário Bar.
"A parada além de ser um evento comemorativo é também um momento político onde falamos das nossas conquistas e do que ainda há para conquistar, vale lembrar que haverá durante a parada falas lembrando os crimes que aconteceram contra homossexuais durante o ano. Neste ano fora as atrações teremos grandes novidades como a presença do grupo Mães pela Igualdade entre tantas outras novidades" disse Adriano Silva Rodriguês, uma dos organizadores da Parada desse ano. 

Confirmem presença no evento: https://www.facebook.com/events/335759569920674/
Facebook A Liga Gay


Compartilhe:


Compartilhe

Subscribe

Cadastre-se aqui e receba todas as nossas notícias em seu e-mail.

© 2013 A Liga Gay. Todos os Direitos reservados.
Design by M Multimidia